Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



25
Ago19

Perder ou Aprender? A Escolha é Tua !

por Fábio Gerardo

benfica-empata-com-belenenses-e-perde-vantagem-sob

Antes de iniciar este post quero que saibas que não ligo minimamente ao futebol, sou Master NLP Coach e o meu foco é totalmente direcionado a saber como funciona a mente humana para cada um obter os resultados que obtém na vida e com isso ajudar as pessoas interessadas a obter os resultados desejados !!! 

 

 

Vamos pensar juntos.

 

Imagina que uma equipa perde um jogo de enorme importância contra um rival, os adeptos estão chateados, irritados e revoltados com a equipa/treinador, os jogadores estão desanimados, tristes e desmotivados, alguns poderão estar chateados com as escolhas do treinador, o ambiente está "pesado" no balneário.

 

O que poderá fazer o treinador para obter os resultados que pretende ( Ganhar os próximos jogos para ganhar o campeonato ) através dos seus jogadores ?

  1. Mudar a estratégia de jogo.
  2. Tirar alguns jogadores e colocar outros. 
  3. Alterar a táctica da equipa.
  4. Fazer uma conferência de imprensa para acalmar os adeptos e dizer á equipa que nos próximos jogos vai correr melhor.
  5. Manter tudo na mesma e culpar a equipa de arbitragem relativamente ao mau resultado do jogo anterior.
  6. Acreditar que não há nada a fazer com a equipa que se tem e esperar pelo mercado de transferências para contratar novos jogadores.

 

 

Pode haver outras opções ( eu já te vou falar das minhas opções mesmo sem entender muito de futebol ) mas olhando para estas, talvez para ti, algumas façam sentido, outras são rídiculas e podes até não concordar com nenhumas mas a verdade é que mesmo que tudo isto seja importante ( e um bom treinador sabe desenhar boas tácticas e formas de jogador ), é tudo EXTERNO.

 

 

Estas são as minhas opções

 

O que adianta ter a melhor táctica, os melhores jogadores, as melhores formas de jogar se os jogadores estão tristes, chateados, com falta de confiança ou desmotivados ?

 

Volto a relembrar que eu não entendo muito de futebol mas entendo muito bem a mente humana e mudar os comportamentos ou ações dos jogadores nunca vai mudar a sua prestação, que por sua vez nunca vai mudar os resultados da equipa a não ser que MUDEM O SEU ESTADO EMOCIONAL !!! 

 

Quando se perde com um enorme rival, quando se ouve as criticas dos adeptos irritados, o estado emocional dos jogadores pode ficar muito afetado mas quando se muda o seu FOCO a sua PRESPETIVA e o SIGNIFICADO do que está a acontecer, as coisas começam a mudar.

 

 

Como podemos mudar o foco e a prespetiva dos jogadores ?

 

Os jogadores podem naturalmente ficar frustrados por pensarem que perderam com um rival, tristes pelas criticas dos adeptos, chateado com eles próprios por acreditarem que não conseguiram dar o seu melhor mas vou simplificar, nunca podemos controlar o que já aconteceu, nunca podemos controlar o que os adeptos dizem ou fazem, só podemos controlar o que vamos fazer depois, por isso, comecemos com as perguntas simples em relação ao jogo:

  • O que fizeram bem e voltavam a fazer?
  • O que não fizeram bem e não voltavam a fazer?
  • O que vão fazer de diferente numa próxima vez?

 

Agora as perguntas gerais:

  • Quais são as nossas melhores qualidades como equipa? ( ex: Persistencia, Concentração)
  • O que precisamos de fazer/melhorar/manter para obtermos melhores resultados? (ex: sermos mais unidos )

.

Agora as perguntas complicadas:

  • O que podemos aprender de positivo com o resultado deste jogo? (ex: se mantivermos a calma, conseguimos gerir melhor o jogo.)
  • De que forma este jogo nos pode ajudar a sermos melhores no próximo? (ex: Se gerirmos melhor as nossas expetetivas e jogarmos cada jogo como se fosse uma final aumentava a nossa vontade de vencer)

 

As perguntas ajudam a mudar o significado em relação ao resultado negativo, percebendo que em vez de nos focarmos na derrota, focamo-nos na aprendizagem !

 

As palavras usadas também têm um enorme impacto como por exemplo "Não consigo jogar bem contra os rivais" ; "AINDA não consigo jogar bem contra os rivais"  o AINDA induz que vão conseguir jogar bem no futuro e dito isto repetidamente altera a forma como te esforças em cada jogo acreditando que vão conseguir jogar bem. "Espero ganhar o próximo jogo, pelo menos é o que eu quero"; "VAMOS ganhar o próximo jogo, pelo menos VOU dar o meu melhor" o VOU induz que acreditar que vão ganhar e mesmo que isso que isso não aconteça, vão esforçar-se ao máximo e dito repetidamente altera a confiança em relação aos próximos jogos. Existem outros exemplos mas foi só para entenderes a importância das palavras em relação ao estado emocional.

 

 

Discurso motivacional

 

Claro que o discurso do treinador depois de um resultado negativo tem um enorme impacto e se os jogadores estão focados no jogo e no resultado negativo, será boa opção falar sobre o jogo? NÃO, isso será algo a ocorrer depois do discurso, onde vão existir as perguntas e depois de alterar o estado emocional, vai existir a conversa sobre tácticas e forma de jogar.

 

O que deve acontece no discurso do treinador depois de um jogo com um resultado negativo é falar sobre coisas positivas da equipa no geral e não especificamente em relação ao jogo, de forma aos jogadores mudarem a sua prespetiva e o seu foco antes das perguntas de reflexão positiva. Exemplo: Somos uma equipa que já superou situações de grande stress, situações de grandes dificuldades, que nos fez ser uma equipa mais unida, mais forte e mais persistente, que nos ajudou a ganhar campeonatos, finais, jogos decisivos ( se for o caso, o objetivo é encontrar algo que a equipa tenha conseguido) , por isso é importante, como equipa, percebermos, que seja qualquer for a situação que nos encontremos, seja quais forem os resultados ou a nossa classificação no campeonato, nós somos capazes de superar e a situação ideal, os melhores resultados e a classificação que queremos no campeonato vai acontecer se nos mantivermos unidos, se nos apoiarmos, ajudarmos ( ou outras coisas que sejam importantes e estejam em falta naquele momento) e acreditarmos que o nosso destino é ganhar o campeonato (ou outro objetivo da equipa) as coisas vão acontecer, porque nós somos o XXXX e ninguém nos pode para (ou outra frase motivacional que seja da equipa).

 

 

Resumindo

 

As tácticas, as estratégias, as qualidades dos jogadores, as formas de jogar são importantes mas o estado emocional é muito mais importante e acredito que equipas como o Leicester que foram campeões na temporada de 2016-2017 e como o F.C Porto que ganharam a Liga dos campeões na temporada de 2003-2004 onde havia claramente equipas com melhores jogadores, treinadores com as melhores estratégias e formas de jogar, conseguiram alcançar os objetivos que queriam através principalmente de ter jogadores com o estado emocional certo e ideal para usarem as suas qualidades durante o jogo e terem uma prestação eficaz com a tática, estratégia e indicações dos seus treinadores.

 

Existe também algo muito importante que são as CRENÇAS dos jogadores, mas isso é algo que irei falar noutra oportunidade, num post diferente sobre futebol.

Lembrar que trabalhar a nivel interno com uma equipa é bom ( um treinador bem formado consegue fazê-lo), mas trabalhar individualmente com um jogador é ainda melhor   ( Um coach consegue fazê-lo, a não ser que o treinador não durma e queira fazer tudo ele, o que acredito que não melhora a sua prestação como treinador porque vai dispensar imensa energia e não vai conseguir dar 100% em tudo, o que é o problema dos treinadores com multi-foco)

 

 

 

 

 

Vive os teus sonhos

Fábio Gerardo

 

Fácil não é uma opção e desistir nunca pode ser a tua realidade.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

divorce1.jpg

     Uma separação nunca é fácil quando já existiu amor, paixão e conexão, parece que perdemos uma parte de nós, que a nossa vida perdeu o rumo, sentimo-nos sem chão, desesperados, sem saber o que fazer para ter a pessoa que amamos de volta, ficamos sem vontade para nada, sentimos um aperto enorme no coração, de noite existem muitas boas memórias que nos vêm á cabeça que nos faz chorar porque já não vamos ter esses momentos de novo, aquele "Bom dia" de manhã que nos fazia sorrir, aquela gargalhada que por vezes dava-mos sem motivo aparente, aquela troca de olhares que diziam tanta coisas sem palavras, aquele beijo de 10 segundos que valia por um dia inteiro, aquele abraço apertado de "Eu quero ficar contigo para sempre" .

 

     Muitas das coisas de que falo aqui no blog, são coisas que eu já passei e esta é uma delas, já sofri muito por amor e sei que a dor de uma separação é inevitável mas claro que depois de 4 relacionamentos "falhados" eu comecei a pensar o que estava de errado e o que podia fazer para dar certo, até que aos poucos fui percebendo pequenas coisas que fazem toda a diferença e por isso vou também partilhar contigo para que consigas melhorar a qualidade da tua relação amorosa ( a que tens agora ou a que podes vir a ter no futuro ).

 

O importante é o que sentimos

     Quando uma relação termina, sentimo-nos tristes, desesperados por vezes, sem vontade para fazer nada, só queremos ficar em casa a chorar ( em alguns casos ) mas já pensas-te porquê ? O amor, a conexão é uma necessidade humana fundamental para o nosso bem estar e quando a pessoa que amava-mos vai embora e já não voltamos a estar com ela, o nosso foco é exatamente a pessoa que nos proporcionava bons momentos, alegrias, gargalhadas, entre outras coisas boas, mas será que só essa pessoa em exclusivo no meio de Bilhões de pessoas é que é capaz de proporcionar bons momentos? só essa pessoa é capaz de te fazer rir, de te fazer sentir bem e alegre? Claro que não, apenas tens de te permitir conhecer outras pessoas. Vou ser o mais sincero possivel contigo, tu não queres uma pessoa, queres aquilo que a pessoa te faz sentir, por isso se uma pessoa te "abandona", de certeza que outra pessoa irá aparecer e fazer-te sentir bem, mesmo que seja de outra maneira. O importante é o que sentimos e não a pessoa em si.

 

A tua felicidade só depende de ti

     Muitas das vezes as pessoas sentem-se infelizes quando uma relação termina e é normal, como já te disse, a dor é inevitável, mas o sofrimento é uma escolha, sabes porquê? Porque durante a tua relação deixas-te que a tua felicidade depende-se de outra pessoa e isso é uma escolha.

     O dia só vai correr bem se ele/ela me der um beijo, ou me enviar mensagem, ou me ligar, entre outras coisas que tu colocas na outra pessoa ( mentalmente ) para que tu te sintas bem, claro que seria ótimo se a pessoa que está contigo faz todas essas coisas mas isso deve ser um complemento á tua alegria e não uma obrigação.

     A tua felicidade já existia antes da pessoa aparecer, já sabias o que te deixava bem e feliz antes da pessoa aparecer, por isso não deixes nunca que a tua felicidade dependa de outra pessoa, continua a fazer o que costumas fazer e que sabes que te deixa feliz e não te apegues a alguém ao ponto da tua felicidade depender dessa pessoa, porque melhor do que ter o amor de alguém é ter o amor-próprio.

 

 

Em todos os acontecimentos há uma aprendizagem

     Sabes como é que eu sei que existe sempre uma aprendizagem em cada acontecimento? Porque esse é o meu foco, e a tua energia flui para onde está o teu foco, se te focas que a tua relação acabou, que nucna vais voltar a ter os bons momentos que passas-te com essa pessoa, que nucna mais vais conseguir ser feliz com alguém, então claro que te vais sentir mal, é um facto. Agora como podes mudar o teu foco? Com perguntas poderosas, como por exemplo "O que eu posso aprender com isto?" "Como isto me vai ajudar a ser um melhor namorado no futuro?" , vais sempre ter resposta para as perguntas que fazes, se perguntas "Porquê que isto me aconteceu?" provavelmente vais ter respostas como "Porque fiz isto ou porque sou assim" e isso vai te fazer sentir mal.

     Procura focar-te no que aprendes-te com a pessoa que esteve na tua vida, provavelmente aprendeste que não deves deixar que a tua felicidade dependa da outra pessoa ou aprendeste a não deixar de fazer aquilo que gostas porque a outra pessoa não quer ou aprendeste que deves comunicar melhor ou aprendeste que deves ser mais flexivel e procurar compreender a outra pessoa e ouvir o que ela tem para dizer, na verdade podes aprender imensas coisas e isso vai te tornar uma pessoa melhor para quando a pessoa certa aparecer, tu estejas pronta e preparada para viver o verdadeiro amor. Nada acontece por acaso !!

 

Deixo-te o link de um video curtinho que te pode ser muito útil !! https://www.youtube.com/watch?v=dtufNpj-i2Q&t=46s

 

 

 

Fábio Gerardo

Vive os teus sonhos

 

Fácil não é uma opção e desistir nunca pode ser a tua realidade.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

07
Ago19

Tu És Muito Mais !

por Fábio Gerardo

Gato-em-frente-ao-espelho-enxergando-se-como-Leão

Quem sou eu?

    Uma pergunta simples certo? Eu pensava o mesmo, até perceber que somos muito mais do que aquilo que imaginamos.

 

     Uma resposta considerada normal no contexto social podia ser a seguinte : "Eu sou o Carlos, tenho 35 anos, moro em Lisboa, tenho 3 filhos, sou casado, sou administrativo, gosto de passear, ir ao cinema, comer sushi, estar com a minha familia, entre outras coisas. Sou uma pessoa que anda sempre de fato e gravata quando vai para o trabalho e no dia que estou de folga sou uma pessoa que gosta de andar mais descontraido com roupa mais casual e por vezes desportiva."

 

     Esta podia ser muito bem uma apresentação minha ou tua no contexto social, mas no fundo eu quero que saibas que as apresentações sociais raramente definem aquilo que realmente és, porque tu NÃO ÉS aquilo que fazes, tens e vestes, tu és muito mais que isso mas passo a explicar:

 

  • Não és aquilo que fazesImagina que és policia e dizem que tens de ser assertivo, autoritário, não podes sorrir muito porque pode mostrar faqueza ou então és vendedor e dizem que tens de ser manipulador, mostrar que estás interessado na conversa do cliente quando na verdade não estás ( ser falso), tu és assim? Ou então estás até num emprego que tu gostas que até está alinhado com aquilo que tu és mas de um momento para o outro és despedido ou perdes o teu negócio, será que deixas de ser quem és porque já estás desempregado?

 

  • Não és aquilo que tensNão sei se tens filhos ou não mas o melhor exemplo que te posso dar é exatamente as pessoas que se definem dizendo "Eu sou mãe" e depois quando o filho sai de casa e começa a sua vida, sentem que perderam a sua identidade, sentem que lhes falta algo porque "perderam" parte daquilo que as definia ou então tinhas muito dinheiro e tornaste-te mais arrogante ou egoista mas de repente perdeste todo o dinheiro que tinhas, como te defines depois disso?

 

  • Não és aquilo que vestes - O que pensas sobre as pessoas que usam fato e gravata? O que pensas sobre as pessoas que gostam de andar de fato de treino e gorro ou chapeu na cabeça? O que pensas das pessoas que se vestem com inumeras cores e de formas bastante diversificadas e por vezes fora do normal/comum? Se um dia tivesses de te vestir de forma diferente daquela que te vestes, por algum motivo, isso iria definir aquilo que eras ?

 

     O que eu quero que entendas é que aquilo que fazes, tens ou vestes pode mudar de um momento para o outro e se te defines por uma destas 3 coisas, podes vir a sofrer enormes desilusões no futuro quando deixares de as ter ou algo mudar mas se tu souberes exatamente quem és não importa o que podes ter, vestir ou fazer, porque sabes que isso não te define, por isso pensa: "Quais são as minhas qualidades, caracteristicas, talentos, dons, pontos fortes e pontos a melhorar?" pensa como pessoa em geral e não porque fazes algo ou tens algo.

 

O que tu não serias se não fosses tu?

O que tu não serias se fosses tu?

O que tu serias se não fosses tu? 

O que tu serias para além daquilo que és?

O que tu és para além disso?

Tu és muito mais do que isso ... Quem tu és agora?

 

 

 

Vive os teus sonhos

Fábio Gerardo

 

Fácil não é uma opção e desistir nunca pode ser a tua realidade.

 

     

Autoria e outros dados (tags, etc)

03
Ago19

A Depressão é Uma Aprendizagem !

por Fábio Gerardo

     A depressão não surge de um dia para o outro, surge num acumular de dias onde as pessoas se focam em coisas que não podem alterar ( Acontecimentos passados), coisas que não têm e sempre com uma prespetiva negativa.

 

     A 1ª coisas que eu quero que saibas é que o passado existe para tu aprenderes e não para tu viveres lá, pois o passado não pode ser alterado e se te focares em algo do passado e permaneceres lá, irás começar por ficar triste, desapontado ou desiludido, até chegar ao estado depressivo e quanto mais tempo prolongares isso, mais depressivo irás ficar.

 

     Eu não conheço a tua história, não sei o que estás a passar, só sei que por motivos diferentes já me senti depressivo com tentativas de suicídio não aplicadas (Felizmente) e consegui sair desse estado assumindo o controlo da minha mente através de alguns passos que te irei dizer de seguida (Passos incluidos no video acima mencionado).

 

     Claro que tal como não ficaste em depressão de um dia para o outro, também não irás sair desse estado de um dia para o outro mas será um processo que irá valer apena quando começares a assumir o controlo da tua mente, por isso os passos para saires desse estado depressivo são:

 

  • Muda o teu foco - As pessoas depressivas focam-se no que não podem mudar e no que não têm, tornam-se negativas acreditando que nada podem fazer usando frases negativas constantemente de forma interna ou até mesmo externa. A melhor forma de mudares o teu foco é através de perguntas poderosas (Positivas), podem ser várias mas eu habitualmente uso as mesmas como por exemplo "O que isto me está a tentar dizer? (O que aconteceu)" "O que eu posso aprender com isto?" "De que forma isto que me aconteceu me vai ajudar a evoluir, crescer e melhorar como pessoas?" , porque lembra-te sempre de que nada te acontece a ti, tudo acontece para ti, para tu aprenderes, melhorares e evoluires. Através destas perguntas vais começar a dar um significado diferente ao que te aconteceu, chamo a isso de Resignificação, o que antes tinha um significado negativo começa a ser positivo.
  • Muda a tua fisiologia - As pessoas depressivas andam muitas vezes (quase sempre) de ombros para a frente, descaídos, costas curvas, queixo virado para baixo, respiram de forma mais superficial, curta e por vezes rápida (sustêm a respiração no peito) e tudo isso influência diretamente a forma como te sentes, pois existe uma ligação de corpo-mente, por isso se te colocares numa posição diferente, ombros para trás, costas direitas, queixo virado para a frente, respirando de forma profunda, levando o ar até á zona abdominal de forma mais prolongada, irás te sentir de forma diferente, claro que não irá ser de um momento para o outro como te expliquei á pouco mas se começares a "forçar" essa mudança fisiológia, a mudança na tua mente também irá ocorrer ( No vídeo dou um exemplo de como podes conseguir isso de forma mais rápida e natural).
  • Parte para a ação - Depois de feitas as mudanças acima mencionadas, deves começar a fazer aquilo que gostas, que te dá prazer, que te faz sentir bem, que te faz sorrir, porque grande parte do processo envolve saires de casa e fazeres as coisas que te deixam feliz para a seu tempo alcançares de forma natural um estado emocional de alegria e felicidade, porque de nada adianta mudares o teu foco e a tua fisiologia se ficares em casa sem fazer nada, até porque dessa forma dificilmente conseguirás mudar o teu foco e até a tua fisiologia a curto-prazo.

 

     O processo pode ser rápido ou lento, dependendo da tua situação, do tempo que estás nesse estado e da tua história de vida, entre outras coisas, de qualquer forma, deixo-te algumas linhas de apoio.

 

SOS VOZ AMIGA  http://www.sosvozamiga.org

21 354 45 45 (16h-24h) -  91 280 26 69 (16h-24h)  - 96 352 46 60 (16h-24h)

 

Fábio Gerardo fabiofbgerardo@hotmail.com

967554798

 

 

 

Vive os teus sonhos

Fábio Gerardo

 

 

Fácil não é uma opção e desistir nunca pode ser a tua realidade.

Autoria e outros dados (tags, etc)


Mais sobre mim

foto do autor


Arquivo

  1. 2019
  2. JAN
  3. FEV
  4. MAR
  5. ABR
  6. MAI
  7. JUN
  8. JUL
  9. AGO
  10. SET
  11. OUT
  12. NOV
  13. DEZ


subscrever feeds